segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Short Triathlon Garopaba - Copa TPM/TM - 2012

Pois é, corri a primeira (minha) e última (do campeonato) prova do calendário neste domingo. Depois de um sábado de passeio à Urubici, saí de Floripa no domingo às 6 da manhã já com certo atraso. Por sorte tinha deixado tudo absolutamente pronto, pois sabia que o sono seria cobrado com juros.

Sol nascendo na estrada...
Chegando em Garopaba ajeitei tudo o melhor possível, o que inclui calibrar os pneus com bomba emprestada, visitar o banheiro químico, tomar accelerade, comer banana, etc. E também deixar as tralhas na transição. Dessa vez deixei uma toalha pra marcar o meu quadrado. Mas ataques de imbecilidade momentânea estão me atingindo nestas provas curtas, e como veremos, e não adiantou muito.

Neoprene liberado, fui aquecer e vi que água tinha poucos graus de temperatura. E então largamos, o bando de alucinados de sempre. Nadei legal, tão legal que quando vi a Ana Lídia nadando ao meu lado me empolguei ! Aí ela foi indo e eu tentando acompanhar, 'pega esse pé, não perde', mas o pé foi se afastando de forma que só via a espuma das pernadas. Mas saí da água vendo bem de perto a ela e ao Tiago, então tinha nadado bem. Corri pra transição, arranquei a roupa de borracha e fui bem rápido.

Consegui novamente não conseguir calçar a sapatilha, e dessa vez derrubei a miserável, tendo que voltar na contra-mão quando gente saía da transição a mil. Pesquei com os dedos e calcei no chão e então encaixei no pedal e segui. Perdi um pelote que não consegui mais pegar a prova inteira. Nunca erro em treinos, chega nestas provas curtas sempre faço essas cagadas. Vai ver porque o vácuo é liberado, o cérebro fica fixado na ideia de pegar um pelotão e esquece do resto. Não tá dando certo, viu ?

Pedalei legal, puxei bastante e revezei com um camarada da GPAE alguns trechos. Tem máxima de 48 km/h, o percurso era quase plano só com um minúsculo aclive. A FC média deu igualzinha ao teste de FTP e a coisa foi no limite, muito bom.

O percurso é travado (6 voltas com 3 retornos e 2 cotovelos cada), bem técnico e cheio de interrupções (lombadas ou canaletas), então não é muito rápido. Pedalei em cerca de 37min os exatos 20 km. De novo ataque de bobeira na transição, coloquei a bike no cavalete errado, só percebi quando vi um tênis diferente do meu. Então lembrei de procurar a toalha. Lembra, a toalha !!! Isso, lá estava ela, bem visível marcando a minha caixa. Mais tempo jogado fora. Aí fui pra corrida.

E estava empolgado. Dormi com uma dúvida que me assola há tempos, que é que pace tentar manter numa corrida de triathlon e como conseguir não quebrar o ritmo ao final. Então fui na conta exata que tinha pensado, 3:50. Saiu uma perfeição absurda, variação de 1 seg pra mais ou menos em cada parcial. Incrível, mas foi muito melhor do que saír morrendo a 3:30 e terminar quebrando a 4:15 como fazia. Deu certo em prova curta, vamos ver em provas mais longas. O alvo das experiências claro, é o Ironman 2013. A corrida foi a melhor parte da prova, ainda não tinha encaixado uma decente em provas de triathlon curto.

Cheguei bem e logo encontrei a galera toda. Como a prova é cheia de retornos e voltas e mais voltas, não tinha a mínima ideia da colocação, mas com o tempo de 1h07 achei que dava alguma coisa. Só que não tive paciência pra esperar a premiação, certamente iria ficar com sono depois da adrenalina baixar e fui embora loguinho, com duas paradas pra comer no caminho, um misto quente e depois um caldo de cana com pamonha. Hoje fiquei sabendo do resultado, 2º lugar na 35-39 anos, ainda quero ver o oficial pois acho que a lambança da sapatilha pode ter custado a categoria, já que o 5º geral chegou com 1h03, diferença bem menor do que no ano passado, que foi de 8 minutos. Muito bom fechar um ano de treinos e competições assim.

Essas provas curtas são muito boas. A exigência é completamente diferente das provas longas e acho que uma coisa complementa a outra muito bem, principalmente levando em consideração os grande ciclos de treino. Não dá pra ficar com volume o tempo todo e não dá pra trabalhar só velocidade. Gosto do equilíbrio. O Macca fala sobre isso neste artigo muito interessante.

Era isso pessoal, semana que vem tem a travessia da lagoa da conceição pra curtir a última competição do ano. Ano passado fui 5º na categoria, vamos ver se a natação ainda tá boa.

Bom, ainda não tem fotos, vamos ver se alguém flagrou alguma coisa. Logo atualizo isso aqui com os resultados oficiais também.

---- Atualização oficial:

Os resultados estão aqui. A bike foi a quinta da categoria e 30 geral, muito ruim mas explicado pela asneira da sapatilha. Achei bom. A natação foi a terceira na categoria e 25 geral e a corrida 1º na categoria e 8º geral, muito boa mesmo. As transições foram lentas mas a segunda teve a besteira de trocar o quadrado da bike. Então, dadas as besteiras, tudo muito bem. Ainda sem fotos. Breve. Acho.

6 comentários:

  1. Cara, tu não sabe o alívio que me dá em saber que isso ocorre de vez em quando nas tuas transições. Se um cara como tu ainda faz algumas dessas eu me sinto menos mal das minhas cagadas. E olha que são MUITO piores. :-P
    Parabéns pela prova e pela colocação.

    SESC Caiobá não rola aqui ano que vem? Fiz minha inscrição ontem.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Valeu Milton ! Isso deve ser sistêmico, hehehe, atinge a todos ;-). Já ouvi de gente pedalando 20 km em caiobá de neoprene.

    O SESC não sei, o long distance certamente irie.

    Abraço !

    ResponderExcluir
  3. Fala Pina.

    Agora pela manhã saíram os resultados oficiais. Ficasse em 2° mesmo, e chamaram teu nome lá. Do Thiago também.

    Ainda bem que não to ainda não tua categoria rs.

    Fazer prova curta é foda porque muitos estão fazendo pela primeira vez, e ai saem como boiada atropelando tudo que ve pela frente, e as vezes um pequeno detalhe faz diferença né.

    Eu não esqueço da toalha nunca, e to tentando sempre deixar minha bike mais afastada dos outros e sempre no primeiro cavalete, tem ajudado, porque ai coloco tudo do lado de fora, faço isso depois que vi nego chutando equipamento dos outros tentando achar o seu.

    Parabéns por mais um bom resultado.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Valeu Xampa !

    Fábio, vi os resultados... ainda bem que o primeiro ficou a mais de 3 min á frente, 6º geral. Provavelmente a cagada da sapatilha não jogou o primeiro lugar fora hahaha.

    ResponderExcluir

Participe ! Deixe sua opinião, ou crie uma polêmica :-)