segunda-feira, 9 de abril de 2012

Um ótimo feriado

Este final de semana foi sensacional em vários sentidos. Teve de tudo, treinos, viagem em família, reunião de amigos, trabalhos forçados, mountainbike noturno e domingo de páscoa.

Começou na quinta-feira, nadei ao meio-dia e fui pedalar a noite, fiz um circuito de MTB plano e bom pra manter um ritmo, aí na volta pela beira-mar com chuvisco o pneu traseiro furou. Troquei e não enchia direito, achei que era a bomba, estava perto de um posto e fui lá encher. Saí e ao passar por coqueiros notei o pneu baixo de novo. Enchi no último posto antes de casa mas não foi o suficiente, esvaziou tudo a 1,5 km e tive que vir empurrando. Ao chegar em casa vi que a fita de aro saiu toda e enroscou no cassete, arranquei e fiquei sem roda, pois a fita foi pro espaço.

Já na sexta cedo rolou um mega treino de corrida em jurerê, percurso do Ironman. Saímos uns minutos mais cedo o Alexandre, Sérgio e eu, o povo todo veio em seguida. Fizemos a primeira volta com as subidas de canajurê e retornamos fechando os 21 km e então mais uma volta de 10 km. Faltou pegar a pulseira amarela na primeira volta, hehehe. Mantivemos um pace muito bom o treino todo, a galera dominou a área e até parecia prova, uns argentinos aplaudiram lá em canasvierias ;-).

Araucárias no Refúgio
Depois disso viajei para Urubici com a Daiane e o Arthur. Sol espetacular e dia azul sensacional. Ao anoitecer eu e o Hélio saímos pra um pedal curto e logo depois fomos jantar e secar umas garrafas de vinho. Fez um frio razoável a noite e sábado cedo não acordei pra pedalar. Ficamos explorando a área, o Arthur andou por tudo quanto é lado e eu atrás dele. Aí lá pelas 11 horas o Dariva me ligou, estava na cidade também. Pronto, encrenca certa. Fugimos ao meio dia pra um pedal até o topo do morro da antena, onde se tem uma vista privilegiada da cidade. Subimos direto aquela pirambeira toda, sobe sem parar, mas pra descer é uma maravilha. Depois fomos almoçar e fui convocado para trabalhos forçado no refúgio, o capitão não deixa ninguém parar. Cheguei a serrar e pregar uns pregos, mas me mantiveram à distância de trabalhos mais técnicos e fui designado a cavar com a picareta. Ótimo treino.

Vista de Urubici, o morro da Igreja está no horizonte ao centro
Domingo cedo saí para o pedal longo de 180 km, 6:15 na estrada. Durante a manhã rodamos todo o percurso do Ironman, vai e vem e vem e vai, voltas e mais voltas num vento nordeste razoável. Um par de pneus furados e uma parada para abastecimento dágua e coca-cola. Saímos o Alexandre, Sérgio e o Varela e encontramos vários pelotes pequenos treinando, no final o Kilder se juntou a nós e nos últimos 40 km o Sawada. Cheguei em casa e saí pra corrida de 8 km às 13:20, onde encontrei novamente o Sawada, outro que não tinha nada melhor pra fazer do que correr na hora do almoço de páscoa.

Reunião da família, amigos. Treinos importantes. Viagem, refúgio na serra, . Melhor é difícil.

Pequeno homem explorando o território. Abaixo o fim de tarde


3 comentários:

  1. Ô inveja!!! :-D
    Tenho que arranjar uma cabana lá pelos lados de Urubici, pra pedalar com os amigos! hehehe!

    ResponderExcluir
  2. To sabendo, matou o treino de sábado hehe

    ResponderExcluir
  3. então, o lugar é show pra pedalar...
    matei bem matado, com uma trilhinha pra fechar, hehehe.

    Abraços

    ResponderExcluir

Participe ! Deixe sua opinião, ou crie uma polêmica :-)