quarta-feira, 17 de junho de 2015

Cuidado com o cão

Corredores e cachorros não são lá muito compatíveis. Os bichos gostam de agito, e a gente não gosta de dentes pontudos. Hoje tive um momento de presença de espírito e preciso registrar hahaha.

Voltava do treino por onde sempre passo. Ali tem umas casas e um conjunto habitacional, tem uns cachorros mas nada grande, só uns nanicos que nem se mexem quando a gente corre.

Aí já com 17 km nas pernas e meio podre vinha lá trotando no último km quando apareceu um nanico metido a besta, nem dei bola. Veio bem perto das canelas e tudo bem, não tinha nem dente direito pra arranhar a pele.

Então eis que vem detrás de um muro um outro cão grande. Preto, vira latas parrudo da altura das minhas coxas. Veio correndo rápido, latindo e babando raivoso com os dentes de foram em disparada atrás de mim.

Muito interessante a reação. Pensei, no que pareceu ser calmamente, que 'não vou ganhar esse sprint', e então virei na direção dele e corri pro cachorro apontando o dedo pra ele, e ele apontando os dentes pra mim. Foi o suficiente pro bicho frear, me olhar, virar de costas e ir embora.

Só depois de uns metros, já me afastando, é que parei pra olhar o tamanho do sujeito, bem grande e dentuço. Deu uma gelada pensar em levar umas mordidas a essa altura do campeonato com viagem na sexta-feira. Ufa.


4 comentários:

  1. hhahaha ta descoberto pq tu corre tanto rs, são culpa desses cachorros ai rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAH pois é, naquela situação o pace deve ter disparado hahaha.

      Excluir
  2. :) boa tática! Na próxima, se mais nada resultar vou experimentar esse método!

    ResponderExcluir

Participe ! Deixe sua opinião, ou crie uma polêmica :-)